Jump to content

[Guia] macOS no CCE GT335Pro — Base de Conhecimento


6 posts in this topic

Recommended Posts

OS-X-no-GT335-Pro-por-deomkds.jpg

macOS no CCE GT335Pro — Base de Conhecimento

INTRODUÇÃO

Este post é uma coleção de informações para a instalação do macOS (10.7 a 10.12) no notebook CCE GT335Pro.

 

Venho fazendo hackintosh nesse notebook por quase 5 anos e ele é surpreendentemente compatível com o macOS. Apesar de algumas incompatibilidades (WiFi e Ethernet por exemplo), o notebook roda o macOS muito bem a ponto de ser usável no dia a dia. Achei que seria interessante compartilhar aquilo que aprendi durante esses anos.

Este post não tem a intenção de ser um tutorial de instalação. Apenas uma lista de informações sobre o notebook. Existe um monte de tutorias para criação de pendrives de boot e instalação aqui mesmo no InsanelyMac. Aqui é um bom lugar para começar.

Sobre as fontes: quase tudo nesse post só é possível com o trabalho da comunidade deste e de outros fóruns. Tentei citar as fontes de tudo, mas sempre escapa alguma coisa. Então, já deixo registrado aqui minha gratidão pelo trabalho da comunidade.

ENTENDENDO AS TABELAS

As tabelas que estão ao longo do texto possuem linhas numeradas. Abaixo delas estão as observações correspondentes a cada linha. Veja um exemplo de tabela:

 

Tabela de Exemplo

#.  COR       LETRA  POSIÇÃO
1.  Vermelho  O E    Superior Esquerdo
2.  Verde     L      Superior Direito
3.  Azul      G G    Inferior Esquerdo
4.  Amarelo   O      Inferior Direito

 

1. Este é um exemplo de nota correspondente à primeira linha da tabela.
3. Pulando a linha dois, esta é a observação correspondente à linha 3 da tabela.
4. E assim por diante.



ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

As especificações podem variar de unidade para unidade.

 

  • CCE GT335Pro (OEM Shuttle)
  • Intel® Core™ i3 2310m @ 2.10 GHz (2 núcleos, 4 threads)
  • Intel® HD Graphics 3000 (8086:0116)
  • 1x 4 GB DDR3 1333 MHz (alguns modelos com 2x 2 GB, 1x 3 GB)
  • Toshiba MK5059GSXP HDD 500 GB
  • AU Optronics 1366x768 LED 14" (LVDS)
  • Realtek RTL8188CE e JMicron JMC250 Gigabit Ethernet Adapter
  • Webcam Chicony (USB), Microfone integrado, Trackpad Sentelic FSP.
  • 3x USB 2.0, HDMI, VGA, Microfone e Fone de Ouvido, Card Reader
  • Slimtype DVD A DS8A5S (alguns modelos com Sony Optiarc)

 

Mais informações aqui.


SUPORTE DE HARDWARE

Aqui estão todos os dispositivos que não são suportados.

WiFi Realtek RTL8188CE
Pode ser trocada. Recomendo a Atheros AR5B93 (interna) ou a Asus USB N10 (externa). A Atheros é reconhecida nativamente sem a necessidade de patches e a Asus possui drivers para o 10.8 no site da própria Asus e para o 10.9 no site de drivers da Realtek. Até onde sei, os drivers ainda funcionam no 10.11.

Evite placas Combo Bluetooth (p. ex.: Atheros AR5B195) porque, embora o Wi-Fi funcione normalmente, o Bluetooth não funciona. Isso acontece porque a CCE desativou as trilhas USB do conector miniPCIe deste notebook.


JMicron JMC250 Gigabit Ethernet Adapter
Não funciona e não pode ser trocada, mas pode ser usada para autenticação na Mac App Store e em outros serviços da Apple usando uma kext dummy.



SUPORTE DE SOFTWARE

Abaixo está uma lista com as versões suportadas. Atualização pela Mac App Store funciona, incluindo versões grandes. Testado na transição do 10.10.5 para o 10.11.

Versões

#.  VERSÃO      SUPORTE        PROBLEMAS
1.  10.6        NÃO SUPORTADO  Sem aceleração gráfica (QE/CI).
2.  10.7        SUPORTADO
3.  10.8        SUPORTADO      AppleHDA (somente 10.8.5).
4.  10.9        SUPORTADO      AppleHDA.
5.  10.10       SUPORTADO      AppleHDA e Lid Sleep.
6.  10.11       SUPORTADO      AppleHDA e Lid Sleep.
7.  10.12       SUPORTADO      AppleHDA, Lid Sleep e teclas fn.

 

1. É possível iniciar o 10.6, mas sem aceleração (QE/CI). Embora a Apple tenha distribuído kexts que davam suporte à HD 3000 na versão 10.6.7, elas não funcionam neste notebook pois, internamente, elas possuem valores fixos para as portas de vídeo e nenhuma das configurações padrão alinham-se com a segunda porta onde fica o LVDS do monitor. Mais informações aqui e aqui.
3 a 6. A AppleHDA do 10.8.5 em diante possui problemas de estabilidade. Veja ÁUDIO > Interno.
5, 6 e 7. O computador não entra em suspensão quando a tela é fechada. Veja PROBLEMAS ESPECÍFICOS > Lid Sleep.
7. As teclas de volume (fn + F8 a fn + F10) não funcionam.



INICIALIZAÇÃO

BIOS
American Megatrends APTIO v1.03.CCE

Tecnicamente é um firmware UEFI, não uma BIOS. Mas fica mais fácil se referir como BIOS.

A BIOS é extremamente limitada por decisão da CCE. Não há muito o que configurar além do básico: AHCI, Execute Disable Bit...

Bootloader
CloverEFI, Chameleon v2k ou derivados.

Esses são os bootloaders testados. O CloverEFI é o recomendado para todas as versões do macOS. O Chameleon foi testado até a 10.9, quando foi feita a transição para o CloverEFI.



UEFI

Conseguir modo UEFI genuíno não é possível. A BIOS oferece suporte, mas as modificações feitas pela CCE impedem que ela encontre qualquer BOOTX64.EFI na partição EFI (chamada de ESP) ou em qualquer outro disco. A sorte é que o GUID Partition Table (GPT) possui um modo híbrido, criado para manter a compatibilidade com sistemas operacionais antigos que só reconhecem discos em MBR.

Se usarmos a função de boot legado (MBR) do CloverEFI em conjunto com o modo híbrido que o GPT oferece, podemos lançar e usar o CloverEFI como menu de boot para lançar o macOS e outros sistemas operacionais, como o Windows e kernels (kerneis?) Linux, em modo UEFI. O processo funciona mais ou menos assim:

UEFI Boot:
UEFI Firmware –> CloverEFI (na ESP) –> OS em modo UEFI

Legacy Boot:
BIOS –> MBR –> boot0 –> boot1 –> boot –> CloverEFI (na Macintosh HD) –> OS

Gambiarra:
UEFI Firmware –> MBR Fake (GPT) –> boot0 –> boot1 –> boot –> CloverEFI (na ESP) –> OS em modo UEFI.


Para isso, precisamos que o HD esteja formatado em GPT e possua uma ESP no início do disco formatada em FAT32. O CloverEFI será instalado na ESP.

 

Um exemplo de um HD de 500 GB:

 

ESP     Macintosh HD  Recovery HD  Arquivos
200 MB  99,1 GB       650 MB       400 GB
FAT32   HFS+          HFS+         HFS+

 

A partição de recuperação é criada automaticamente durante a instalação e, nesse caso, diminuiu a partição do sistema de 100 GB para 99,1 GB. Isso só é possível usando o CloverEFI. A partição de recuperação é necessária para ativar o Buscar Meu Mac.

Usar a MBR para lançar o CloverEFI tem suas vantagens. Como todos os sistemas serão iniciados em modo UEFI, nenhum deles tentará sobrescrever a MBR. Isso gera uma área de segurança que protege o CloverEFI de qualquer alteração que algum sistema possa fazer. Assim, pode-se instalar quantos sistemas quiser depois de instalar o macOS sem nunca perder o boot.



INSTALAÇÃO DO CloverEFI

O instalador do CloverEFI está disponível aqui.

Durante a instalação, marque somente estas opções:

 

  • Instalar Clover na ESP
  • Bootloader -> Instalar boot0af no MBR
  • Temas -> (instale qualquer tema, recomendo o ThinkPad)
  • CloverEFI -> CloverEFI 64-bits SATA
  • Instalar RC scripts no Volume alvo
  • Instala todos os RC scripts em todos os Volumes Internos

 

Não instale nenhum driver (Drivers32, Drivers64 e Drivers64UEFI). Isso pode ser feito depois por meio do Clover Configurator caso seja necessário.


CONFIGURAÇÃO DO CloverEFI

É recomendado que a configuração do CloverEFI seja feita no Clover Configurator.


A seguir estão as opções que devem ser marcadas/alteradas em cada seção do Clover Configurator.

Acpi

 

#.  FUNÇÃO       VALOR
1.  DSDT Name    GT335Pro.aml
2.  Drop Tables  Signature*: SSDT | Type/key: TableId | String/Number: CpuPm

 

1. A DSDT está disponível na seção Downloads desse post.
2. Isso garante que o sistema não carregue a SSDT do sistema. O macOS tem problemas de SpeedStep com ela. A SSDT modificada (criada usando o ssdtPRgen.sh por Pike R. Alpha) está disponível na seção Downloads desse post.

Boot

 

#.  FUNÇÃO        VALOR
1.  Arguments     slide=0 e kext-dev-mode=1
2.  Legacy        PBR
3.  XMPDetection  No

 

1. slide=0 resolve um problema que pode fazer o driver de vídeo congelar sob uso intensivo. Na verdade, não resolve, mas ajuda.
1. Só marque kext-dev-mode=1 se estiver usando o 10.9 ou o 10.10.

Devices

 

#.  FUNÇÃO            VALOR
1.  USB Inject        Desmarque somente no 10.11.
2.  USB FixOwnership  Desmarque somente no 10.11.

 

A seção "Devices" também permite injetar strings EFI que contenham informações sobre os dispositivos conectados na PCI. É possível gerar uma usando o aplicativo EFIStudio e ela depende do hardware. Para este notebook, há uma string contendo informações da ethernet JMicron JMC250 e da placa Wi-Fi Atheros AR5B93. Aqui, a string EFI é puramente estética e não faz a ethernet funcionar.

GUI

 

#.  FUNÇÃO             VALOR
1.  Screen Resolution  1366x768
2.  Language           br
3.  Theme              thinkpad

 

1. Mude para a resolução do seu monitor.
3. Coloque o nome do tema que você instalou anteriormente.

Graphics

 

#.  FUNÇÃO       VALOR
1.  Dual-Link    0
2.  Patch VBios  Marque.

 

1. Dual-link depende da resolução do seu monitor: 1366x768 ou menor é 0, maior é 1.
2. Patch VBios ativa a resolução nativa do monitor durante o boot.

Se você possui uma string HEX com o EDID do seu monitor, coloque-o em Custom EDID [HEX] e marque a opção
Inject EDID. Isso é opcional, use só se estiver tendo problemas com o monitor. Abaixo está a string que eu uso:

 

 

00FFFFFFFFFFFF0006AF3C180000000001130103801F11780AC8A59E5754922699505400000001010101010101010101010101010101121B5646500023302616360035AD100000180000000F0000000000000000000000000020000000FE0041554F0A202020202020202020000000FE004231343058573031205638200A0017

 

Kernel and Kext Patches
 

#.  FUNÇÃO        VALOR
1.  AppleRTC      Desmarque.
2.  Asus AICPUPM  Marque.
3.  KextsToPatch  Veja a tabela abaixo.

 

2. Isso evita kernel panic durante o boot quando a kext AppleIntelCPUPowerManagement tenta escrever no registrador MSR 0xE2, travado nessa BIOS.
 

#.  Name*                    Find* [HEX]               Replace* [HEX]            MatchOS
1.  AppleIntelSNBGraphicsFB  040600000004000009000000  040600000008000006000000  10.10.x,10.11.x,10.12.x
2.  AppleHDA                 8419D411                  D1761D11                  (deixe vazio)
3.  AppleHDA                 8319D411                  00000000                  10.11.x,10.12.x
4.  IOGraphicsFamily         0100007517                0100007417                10.11.x
5.  IOGraphicsFamily         85C0745D48                31C0745B48                10.10.x
6.  IOGraphicsFamily         4188C4EB11                4188C4EB31                10.10.x
7.  IOGraphicsFamily         0100007525                010000EB25                10.12.x

 

1. O patch 1 (por bcc9) altera a tabela de conectores dentro do framebuffer para que a HDMI funcione. Uma versão maior do patch, que ativa também a VGA no 10.9 e anterior, está disponível abaixo.
 

 

Não use no 10.10 ou posterior.

Find* [HEX]
010204001007000010070000050300000200000030000000020500000004000007000000030400000004000009000000040600000004000009000000

Replace* [HEX]
010203001007000010070000060200000001000009000000050300000200000030000000040600000008000009000000000000000000000000000000

 

2 e 3. Insere o DeviceID do codec de áudio na AppleHDA. Deve ser usado em conjunto com uma DummyHDA. A DummyHDA deste notebook está disponível na seção Downloads deste post.
4. Por lisai9093 e ceckpawon. Resolve um glitch gráfico na transição entre o primeiro e o segundo estágio do boot.
5 e 7. Por 'Boss Kittipos. Faz o mesmo que o patch da linha 4.


Rt Variables

 

#.  FUNÇÃO           VALOR

1.  BooterConfig     0x28
2.  CsrActiveConfig  0x67

 

1 e 2. Desativa o SIP. Necessário somente no 10.11 e posterior.

SMBIOS

A SMBIOS é o segredo para um hackintosh minimamente funcional neste notebook. O macOS só ativará a aceleração gráfica (QE/CI) se detectar um modelo de Mac que possua a mesma Intel® HD Graphics 3000. O modelo recomendado é o MacBook Pro (13-inch, Early 2011), cujo ID é MacBookPro8,1. Não disponibilizarei o download de uma SMBIOS pronta porque ela contém o número de série do Mac. Você precisa gerar um número de série único para o seu hackintosh, o que pode ser feito no Clover Configurator.

1. Gere a SMBIOS clicando no ícone de varinha mágica no canto direito da janela. Quando o painel abrir, selecione o segundo computador, o MacBook Pro.

2. Na lista superior, selecione o modelo MacBook Pro (8,1) - Core i5/i7 (Sandy Bridge). Os campos serão preenchidos automagicamente.

3. Em "Week of Manufacturer [sic]" e em "Unit Number" existe um botão "shake". Clique algumas vezes nos dois e depois clique em OK.


4. Verifique se o número de série é válido no site da Apple.

Se você receber essa resposta:

"Desculpe-nos, mas o número fornecido não pode ser encontrado em nossos registrosVerifique o número e
tente novamente ou entre em contato conosco."

Significa que o número é válido e nunca foi usado antes. Esta é a única resposta que você quer ver no site. Caso receba outra resposta, gere um serial novo.

5. Gere um SmUUID. Abra o Terminal, digite o comando abaixo e aperte Enter:

uuidgen

A wild UUID appears. E possui 5 blocos:

XXXXXXXX-XXXX-XXXX-XXXX-XXXXXXXXXXXX

6. Copie o número gerado no Terminal para o campo SmUUID dentro do Clover Configurator.

7. Copie o último bloco, bloco número 5 (últimos 12 dígitos) da SmUUID que você gerou e cole no campo ROM na aba "Rt Variables".

8. Copie o código do campo Board Serial Number da aba "SMBIOS" e cole no campo MLB na aba "Rt Variables".

System Parameters
 

#.  FUNÇÃO           VALOR

1.  Inject Kexts     Yes
2.  Inject SystemID  Marque.

 

Depois disso tudo, salve a configuração gerada pelo Clover Configurator em um lugar apropriado e copie-a para a partição EFI onde o CloverEFI está instalado.


KEXTS

Algumas kexts podem ser injetadas com o CloverEFI, outras precisam ser instaladas.


Injetáveis
 

#.  NOME                 AUTOR     LINK      NOTAS
1.  ACPIBattery          RehabMan  Download  Depende de DSDT.
2.  JMC250               ghostec   Download  Não funciona, só detecta.
3.  VoodooPS2Controller  ?         ?         Versão antiga (v1.1.5).
4.  FakeSMC & CPUSensor  netkas    Download  Plugins também injetáveis.

 

1. O patch da DSDT foi criado por mim, seguindo esse tutorial por RehabMan, e está disponível na seção Downloads desse post.
3. Os botões de rolagem do trackpad só funcionam corretamente com essa versão da VoodooPS2Controller. Ela está disponível na seção Downloads desse post.
4. Não é necessário instalar todos os plugins do FakeSMC porque a maioria deles não suporta o hardware deste notebook. O único necessário é o CPUSensors.

Instaláveis

 

#.  NOME           AUTOR          LINK      NOTAS
1.  ACPIBacklight  RehabMan       Download
2.  DummyHDA       Pike R. Alpha  Download  Tutorial por pokenguyen.
3.  JMB38X         JMicron        Download  Só MemoryStick não funciona.

 

3. A kext do leitor de cartões é antiga e não muito estável. Operações de cópia muito intensivas podem resultar em kernel panic.

Instale as kexts com o seu instalador preferido e lembre-se de reparar as permissões e reconstruir o cache.



ÁUDIO

Interno

Codec: IDT 92HD87B1/3 (111D:76D1)

Este notebook utiliza o mesmo codec do HP ProBook 4530s, porém, o layout das conexões é diferente e a kext do ProBook não serve. Passei incontáveis horas tentando entender como criar o ConfigData, analisando os CodecVerbs, criando um arquivo Platforms.xml e editando o layout12.xml para fazer a AppleHDA funcionar. Todos os arquivos estão disponíveis na seção Downloads desse post.

 

#.  VERSÃO          SPEAKERS  HEADPHONES  MICROPHONE  LINEIN
1.  10.8.4 e menor  SIM       SIM         SIM         SIM
2.  10.8.5 e maior  SIM       SIM         SIM         NÃO

 

A partir do 10.8.5, a kext passou a se comportar de maneira diferente. Por algum motivo, sempre que o LINEIN é ativado junto com o MICROPHONE, a kext se torna instável, causando KP em questão de segundos.

A única forma de evitar o problema nas kexts novas é desativando o LINEIN. Se você precisa dele, uma solução é fazer o downgrade da kext para a versão do 10.8.4. Todas as minhas kexts de áudio, incluíndo versões antigas, podem ser encontradas aqui.

A partir do 10.11.4, a AppleHDA não carrega sem essas duas linhas na seção OSBundleLibraries dentro da Info.plist:

 

com.apple.iokit.IOACPIFamily 1.2.0a1
com.apple.iokit.IOPCIFamily 1.1

 

Uma versão da DummyHDA para a 10.11.4 (e posterior) está disponível na seção downloads desse post.

De qualquer forma, é sempre possível usar a VoodooHDA caso nenhuma das soluções acima funcionem.

HDMI

O áudio na HDMI é corrigido ao inserir um Method _DSM no dispositivo IGPU na DSDT. O patch está disponível na seção Downloads desse post.

Veja mais em ACPI > DSDT > patch 14.



ACPI

Todas as tabelas extraídas, modificadas e originais, estão disponíveis na seção Downloads desse post.

DSDT

A DSDT foi patcheada e compilada usando ACPI 4.0 no MaciASL. Os patches foram aplicados na ordem que aparecem na lista abaixo:

 

##.  PATCHES                            REPOSITÓRIO         NOTAS
01.  Add IMEI                           RehabMan > Laptops
02.  Add MCHC                           RehabMan > Laptops
03.  Fix _WAK Arg0 v1                   RehabMan > Laptops
04.  Fix Mutex with non-zero SyncLevel  RehabMan > Laptops
05.  IRQ Fix                            RehabMan > Laptops
06.  OS Check Fix (Windows 7)           RehabMan > Laptops
07.  RTC Fix                            RehabMan > Laptops
08.  Shutdown Fix v2                    RehabMan > Laptops
09.  SMBUS Fix                          RehabMan > Laptops
10.  6-series USB                       RehabMan > Laptops
11.  Audio Layout 12                    RehabMan > Laptops
12.  Rename GFX0 to IGPU                RehabMan > Laptops
13.  Return Buffer                      Meu patch.          Corrige erro de compilação.
14.  Added Method (_DSM ... in IGPU     Meu patch.          Para audio HDMI.
15.  PATCH EC0 (ACPIBattery)            Meu patch.          Instruções por RehabMan.
16.  Insert DTGP                        SourceForge
17.  Replace Names                      SourceForge
18.  Brightness fix                     RehabMan > Laptops  PLNF mais simples.

 

15. O patch de bateria foi criado por RehabMan e adaptado por mim para este notebook. Disponível na seção Downloads desse post.

SSDT

A SSDT foi criada do zero usando o script ssdtPRgen.sh por Pike R. Alpha. A original do sistema tem problemas com o SpeedStep e precisa ser descartada.

Veja mais em CONFIGURAÇÃO DO CloverEFI > Acpi > 2. Drop Tables.



PROBLEMAS ESPECÍFICOS

Estes problemas afetam somente o 10.10, o 10.11 e o 10.12. Não possuem uma solução no momento.

Lid Sleep

Problema
O computador não entra em suspensão quando a tampa é fechada. Observado pela primeira vez em alguma Developer Preview do 10.10. Não ocorria nas versões anteriores do macOS.

 

Uma das principais mudanças que fiz entre o 10.9 e o 10.10 foi a transição para o CloverEFI. Num primeiro momento, cheguei a suspeitar que ele fosse a causa, por isso resolvi testar como detalhado abaixo.

Testes
1. Iniciar uma versão anterior do macOS (no caso, o 10.9) usando as mesmas configurações do 10.10 para eliminar a possibilidade do problema estar sendo causado por kexts, pelo CloverEFI ou por DSDTs/SSDTs novas.
2. Instrumentar a DSDT, principalmente os GPEs e o EC, para tentar descobrir se o problema estava sendo causado por erros na tabela. A kext ACPIDebug por RehabMan foi usada para este teste.

Resultados
1. O primeiro teste mostrou que a mesma configuração pode ser usada para iniciar o 10.9 e os problemas não persistem. Por eliminação, conclui-se que é um problema específico das versões do macOS posteriores ao 10.10 ou algo errado na ACPI.

2. O segundo teste mostrou um comportamento anormal da ACPI. Após instrumentar os GPEs e o EC, pude ver no Console que, por cerca de um minuto após voltar da suspensão, a kext ACPIDebug para de receber qualquer nova informação da ACPI. Isso condiz com o comportamento da tampa observado: às vezes durante os testes nos
quais a tampa era fechada e aberta logo depois de uma suspensão em intervalos de tempo curtos, a suspensão funcionava. Porém, em intervalos de tempo mais longos que um minuto, a suspensão não funcionava.

Conclusão
Quando a tampa é fechada, nada é enviado da ACPI para o sistema avisando que pode iniciar a suspensão.

Teclas de Brilho Nativas

As teclas de brilho fn + F11 e fn + F12 não funcionam nativamente. Em teoria, ao utilizar-se a VoodooPS2Controller ou a ACPIKeyboard (ambas por RehabMan), é possível ativar as teclas fn + F11 e fn + F12 para controlar o brilho. Porém, devido ao problema de ACPI citado em PROBLEMAS ESPECÍFICOS > Lid Sleep, essa solução não funciona
no 10.10 em diante.

Teclas de Volume Nativas

As teclas de volume fn + F8, fn + F9 e fn + F10 não funcionam mais a partir do 10.12. Aparentemente, é um problema com a IOHIDKeyboard.kext.



BRILHO

Características

  • Slider nas Preferências do Sistema.
  • Brilho é salvo entre reinicializações.
  • Sem kernel panic quando conecta HDMI.
  • O sunbezel aparece.
  • Somente 7 níveis de brilho (culpa do notebook, não da kext).
  • Nível pode ser alterado pelo teclado (PauseBreak ↑, Scr Lk ↓).

 

Obs.: Teclas de brilho nativas fn + F11 e fn + F12 não funcionam, veja PROBLEMAS ESPECÍFICOS > Teclas de Brilho Nativas.

Modificações

Modificações feitas para fazer o brilho funcionar.

 

#.  TIPO              REFERÊNCIA
1.  DSDT Patch        ACPI > DSDT > 18. Brightness fix
2.  Kernel Extension  KEXTS > Instaláveis > 1. ACPIBacklight

 

Kexts Alternativas

Nem um pouco recomendadas.

 

#.  NOME                      NOTAS
1.  ACPIBacklight (SunBezel)
2.  GenericBrightness (HDMI)  Corrige uma kernel panic ao conectar o cabo HDMI.
3.  GenericBrightness         Não salva o brilho entre reinicializações.

 

Kext IntelBacklight

Em teoria, por tratar-se de um notebook com Intel® HD Graphics 3000, seria possível usar a kext IntelBacklight por RehabMan em conjunto com o patch de brilho mais complexo, também por RehabMan. No entanto, a ACPI usa uma solução de brilho mais primitiva do que aquela disponível em computadores que vieram com Windows 8 pré-instalado e isso impede a IntelBacklight de funcionar corretamente.



SUSPENSÃO (SLEEP)

A suspensão funciona tanto no CloverEFI quanto no Chameleon.

WakeFromUSB
Acordar a partir de um dispositivo USB funciona com o CloverEFI em todas as versões do macOS e pode ser ligado ou desligado no 10.10 e anteriores através da configuração USB / AddClockID do Clover Configurator. AddClockID não tem efeito no 10.11 em diante. A BIOS não possui uma opção para desativar o WakeFromUSB.

Lid Sleep
Ativar a suspensão ao fechar a tampa não funciona no 10.10 em diante. Veja PROBLEMAS ESPECÍFICOS > Lid Sleep.

Recomendações
Ao usar o WakeFromUSB, lembre-se de desconectar os dispositivos USB como mouses e teclados ao suspender o computador. A câmera interna é conectada na USB e pode impedir a suspensão sob algumas circunstâncias se não for desligada antes.



AJUSTES GERAIS

Display Override


Em versões anteriores ao 10.9, o monitor interno aparecia como "[spdisplays_display]" em vez do original "Monitor LCD Colorido Integrado" na janela Sobre Este Mac.

Para consertar, copie a pasta "DisplayVendorID-6af" para:

/System/Library/Displays/Overrides

E reinicie o computador.

Criado usando este tutorial por joshhh e disponível na seção Downloads desse post.

Perfil de Cor

Dois perfis de cor para o monitor AU Optronics estão disponíveis na seção Downloads desse post. Foram criados usando a ferramenta disponível nas Preferências do Sistema do macOS. Um deles teve a gama ajustada e o outro usa a gama nativa do macOS.

Layout de Teclado ABNT2

Versões do macOS anteriores ao 10.9 não possuem o layout de teclado brasileiro ABNT2. O pacote Layout_Brasileiro.ABNT2.pkg resolve este problema.

Patch 1 GB de VRAM

De acordo com este tópico, seria possível aumentar a quantidade de VRAM da Intel® HD Graphics 3000 aplicando-se dois patches nos drivers gráficos do macOS. Porém, eles não mostraram resultados durante os meus testes. Essencialmente, o patch é estético e só serve para mudar o número que o macOS exibe na janela Sobre Este Mac.

De qualquer forma, o zip foi disponibilizado e contém dois arquivos: uma DummyHD3000.kext feita por mim (baseada na ideia de Pike R. Alpha para drivers de áudio) e um patch retirado do tópico no MacRumors. Um Leia-me.txt mostra como instalar tudo.



DOWNLOADS

Aqui estão os mirrors (MEGA e Google Drive) para download dos arquivos que estão anexados ao tópico.

Audio: MEGA, Drive.
Todos os arquivos relacionados à AppleHDA.

DisplayVendorID-6af: MEGA, Drive.
Arquivo para corrigir [spdisplays_display].

DSDT: MEGA, Drive.
DSDT e outras tabelas ACPI.

DummyHD3000 para 1 GB de VRAM: MEGA, Drive.
Patch que não serve para nada.

Perfis de Cor: MEGA, Drive.
Perfis de cor para monitor AU Optronics.

SSDT: MEGA, Drive.
SSDT ¯\_(ツ)_/¯.

VoodooPS2Controller v1.1.5: MEGA, Drive.
Versão antiga da VoodooPS2Controller para trackpad Sentelic FSP.

Tema para CloverEFI: Drive.
Um tema escuro feito por mim que combina com o boot do Windows 10 e do macOS.

DummyHDA para o 10.11.4 em diante: MEGA, Drive.
Corrigida para funcionar no 10.11.4 em diante.



LOG DE MUDANÇAS

 

2020-12-10 É, quatro anos depois.

Reinserção da imagem de cabeçalho.

Texto revisado para remover informações incorretas e aumentar a clareza da informação.

Corrigido erros de formatação.

Removidas quebras de linha desnecessárias.

Removidos os links do MEGA, que expiraram, estragando minha piada.


2016-09-25
Adicionado MatchOS em Kernel and Kext Patches.
Adicionado informação sobre o problema das teclas de volume.

2016-09-21
Atualizado para o 10.12.

2016-03-21:
Adicionado informações sobre áudio e DummyHDA para o 10.11.4.
Adicionado informações sobre atualizações pela Mac App Store.
Adicionado aviso de kernel panic relacionado ao uso do driver do leitor de cartões.

2016-03-12:
Primeira versão online.

Audio.zip

DisplayVendorID-6af.zip

DSDT.zip

DummyHD3000 para 1 GB de VRAM.zip

Perfis de Cor.zip

SSDT.zip

VoodooPS2Controller v1.1.5.zip

DummyHDA (IDT 76D1 10.11.4).zip

Edited by deomkds
Update

Valeu mesmo. Passei três dias fazendo...  :D

 

Hey, você tem um bom desempenho com o El Capitan?

 

Não tão legal quanto no Mavericks, mas no geral sim. Tirando alguns problemas de superaquecimento que são culpa da CCE, eu só tenho mesmo problema quando o sistema tem que escrever no HD, tipo uTorrent, aceleradores de download, copiar arquivos grandes...

  • 1 year later...

olá

 

nunca tinha visto este tuto .. tá meio confuso no básico

 

mas pelo que vi superficial o hd é formatado em gpt

 

depois o que usa é Clover Legacy boot

 

que usa bootaf ou talvez boot0ss

 

depois vai chamar o Loader da apple (boot.efi) que é o que Clover faz em Legacy ou uefi, principal diferença é os drivers efi

 

que são bastante diferentes em Legacy boot ou uefi boot

 

Clover começou por ser um grande substituto de Chameleon .. começando por ser Legacy boot mas chamando o Loader da apple .. (boot.efi) com as inovações de hardware é um

 

Loader fenomenal .. utilizando as 2 opções .. hardware antigo .. bios .. ou uefi bios + recente ..

 

bom hack

  • 1 month later...
×
×
  • Create New...