Jump to content

Search the Community: Showing results for tags 'guia'.



More search options

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • InsanelyMac Lounge
    • Front Page News and Rumors
    • Reader News and Reviews
    • Forum Information and Feedback
  • OSx86 Project
    • New Releases and Updates
    • New Users Lounge
    • Developers Corner
    • Tutorials (The Genius Bar)
    • Technical FAQ
    • Installation
    • Post-Installation
    • DSDT and SSDT
    • Hardware Components and Drivers
    • Desktops
    • Notebooks
    • Netbooks
    • Tablets
    • MacMod of the Month
    • Multi-booting and Virtualisation
  • International
    • Your Language
    • Deutsch
    • Español
    • Français
    • Italiano
    • Português
    • Русский
  • Apple World
    • Mac OS X
    • Apple Computers and Hardware
    • iOS Devices
    • Mac Applications
    • Mac Programming and Development
    • iOS Programming and Development
    • Mac Gaming
    • Mac Accessories
  • Discuss and Learn
    • Windows Discussion
    • *nix
    • Apple Opinions and Discussion
    • The Great Debates
    • Internet(s), Servers, and Networks
    • Buying Thoughts, Reviews, and Recommendations
    • Mods and Overclocking
    • The Big Issues [Real Life]
  • Everything Else
    • Creativity
    • Thunderdome (Random Stuff)
    • Laughs
    • The Marketplace

Categories

  • Kexts
    • Graphics Cards
    • Audio
    • LAN and Wireless
    • Other
  • Kernels
  • Bootloaders
  • DSDTs
    • Patches
  • Pandora
  • Apps
  • Miscellaneous
  • Customization

Find results in...

Find results that contain...


Date Created

  • Start

    End


Last Updated

  • Start

    End


Filter by number of...

Joined

  • Start

    End


Group


MSN


Website URL


ICQ


Yahoo


Jabber


Skype


Location


Interests

Found 7 results

  1. Introdução. A ACPI (Advanced Configuration and Power Interface) define um grande número de tabelas que fornecem a interface entre um sistema operacional compatível com ACPI e firmware do sistema. Estes permitem descrição do hardware do sistema, de forma independente da plataforma em ACPI Machine Language (AML). O DSDT (Descrição de Tabela do Sistema Diferenciado) é a tabela principal na parte ACPI do BIOS de um computador, define a maioria dos principais dispositivos do sistema. O SSDT (Secondary System Description Table) tem a mesma estrutura com DSDT, mas é geralmente menor e define alguns dispositivos específicos. Por padrão, os bootloaders vão ter todas as tabelas OEM do BIOS/UEFI e transferi-lo para sistemas operacionais. Por que temos de corrigir o DSDT/SSDT do hackintosh? Ao contrário do Windows ou Linux, o OS X tem uma implementação ACPI incompletas que suporta apenas um subconjunto de DSDT apenas em modelos de Mac. Já nos Hackintosh, alguns dispositivos não estão definidos como compatível com OS X, sendo assim não vão funcionar corretamente. Objetivo Corrigindo o DSDT permite ao usuário melhor uso do seu hardware. Muitos bootloaders permitem que o usuário substitua a tabela OEM no BIOS/UEFI por tabelas definidas nos arquivos .aml Seção 1. Como extrair? Se você não usa DSDT, use essas maneiras pra extrair. No OS X. Se usa Chameleon, digite essa flag antes do boot: DSDT=null Pode usar esse comando no Terminal: perl -e 'open(CMD, "ioreg -lw0 \| grep DSDT|") or die; while(<CMD>) { chomp; if($_ =~ /\"DSDT\.?\d?\"=<([^>]*)>/) { $buff = $1; open(PIP, "|xxd -r -p > dsdt.aml") or die; print PIP "$1"; } }' Ou usar o app DSDT Editor, um app leve e facil de usar. Vá no menu File - Extract DSDT Dai vai aparecer a tabela disponível para edição no painel principal. Clover Na tela inicial do Clover, aperte F4, depois inicie o OS X, todas as tebelas ACPI estarão dentro de /EFI/Clover/ACPI/origin/ No Windows Como não existe mais Everest, baixe o Aida64 (pode ser Trial mesmo) Veja as prints. Depois de salvar, copie o arquivo para um Pendrive, cole na Mesa do OS X, e renomeie para DSDT.aml. No Linux (Ubuntu) Crie um Penboot (LiveCD) e abra o Terminal, e use esse codigo: cd ~/Desktop sudo cat /sys/firmware/acpi/tables/DSDT > DSDT.aml Caso não funcione, use esse: cd ~/Desktop sudo cat /proc/acpi/dsdt > DSDT.aml Seção 2 Adicionando o DSDT/SSDT no bootloader Depois de editar e compilar, salve o arquivo .dsl para .aml, a partir dai vamos colocar este arquivo para ser carregado pelo bootloader: Chameleon: /Extra Clover: /EFI/Clover/ACPI/patched Note: Se você tem mais de um SSDT e deseja que seja carregado, renomeie os adicionais como: SSDT.aml, SSDT-1.aml, SSDT-2.aml, … etc. O bootloader carrega a DSDT do sistema a partir do primeiro inicio. Para carregar a SSDT, você precisa adicionar estas flag nos seguinte bootloaders. DropSSDT=True (Chameleon) ou Drop OEM SSDT=True (Clover) Seção 3 Como editar e o que usar. Existem varios editores de DSDT, vou destacar alguns. O app mais usado é o DSDT Editor, um app leve e facil de usar. Há também o DSDTSE, esse já ensina a como fazer, não vem com muitos patchs prontos, é muito bom pra quem quer aprender na marra. Mas existe também o MaciASL que é bem mais completo, e também muito fácil de usar. Quando aberto pela primeira vez, ele de forma automática já extrai a DSDT que se chama Pre-Edited DSDT. Quando terminar as alterações, somente salve o arquivo, no menu File - Save As… [Nota] O MaciASL pode ser inserido alguns repositórios de patchs, poupa tempo em vez de baixar patch por patch. (Vou falar mais abaixo). Seção 4 Verificar erros/warnings. Para ver isso, com o DSDT Editor, vá em IASL - Compile. No MaciASL no icone Compile. Corrigir erros/warnings. Vou citar aqui os erros/wangins mais comuns e como resolver. 1 - Warning ResourceTag larger than Field (Tag: 64 bits, Field: 32 bits) Mude disso: CreateDWordField (BUF0, \_SB.PCI0._Y0F._LEN, MSLN) Para: CreateQWordField (BUF0, \_SB.PCI0._Y0F._LEN, MSLN) 2 - Warning Result is not used, possible operator timeout will be missed De Acquire (MUT0, 0x0FFF) Para Acquire (MUT0, 0xFFFF) 3 - Warning Not all control paths return a value (_HID) Warning Reserved method must return a value (Integer/String required for _HID) De: Method (_HID, 0, NotSerialized) { If (TCMF) {} Else { Return (0x310CD041) } } Para: Method (_HID, 0, NotSerialized) { If (TCMF) { Return (Zero) } Else { Return (0x310CD041) } } 4 - Error Object is not accessible from this scope (_T_0) Exclua o ultimo “_” (Ex: _T_0 para T_0) 5 - Error Object does not exist (_VPC) Exclua todos os “_” (Ex: Store (Local0, _VPC) Return (_VPC) Para Store (Local0, VPC) Return (VPC) Seção 5 Patchs Talvez se assustou um pouco com a maneira que deve ser corrigido os warnings/erros, mas para facilitar o trabalho, existem varios patchs que fazem o trabalho pra você. Há varios patchs uteis que você pode encontrar no Olarila: Patches E vários packs para as diversas motherboards: Patches by Motherboard Esses podem ser usados tanto no DSDT Editor como no MaciASL. Há uns benefícios pra quem usa o MaciASL, que como comentado tem a possibilidade de adicionar repositórios de patchs, veja: Os mais usados. Toleda RehabMan PJALM Como adicionar: (Créditos da imagem Pjalm) Seção 6 Como aplicar os patchs? DSDT Editor Dai você caminha até sua pasta com seus patchs. Escolhe o patch para sua situação e aplique. MaciASL Legenda: Clique no icone Patch, (1) depois escolha qual patch vai usar, (2) e aplique o mesmo. Veja que existe a opção “Open” onde você vai navegar até sua pasta de patchs. [Nota] Todo o patch deve ser um documento .txt, para criar o seu, use o TextWrangler, abra, copie e cole, e salve. Salvando o DSDT/SSDT Caso precise salvar o DSDT/SSDT, mas tem erros presentes que não foram compilados, faça assim: Clique em File > Save As..> File Format: Disassembled ASL File Notará que se tentar salvar no modo padrão "ACPI Machine Language Binary", o MaciASL não vai permitir isto. Esse recurso é legal pois, caso já tenha partes já editadas, e não quer começar tudo denovo, então poderá continuar o trabalho em outra hora. Bonus: Tenho uns amigos que tem videos muito funcionais para quem tem alguma duvida de como aplicar patchs e quer aprender sobre DSDT. 1 - AppleAbreast (Bruxo) Hackintosh - DSDT erro external (\TNOT) HDMI INTEL HD3000 HACKINTOSH AUDIO FUNCIONAL mov 2 - Fábio Qliskra (fabio_qliskra) Manobra no Device HDEF Aplicando o HPET Possible operator timeout is ignored Ainda estou adicionando coisas novas. Conselhos e dicas ou duvidas, por favor comentem abaixo. Creditos: Fabio Qlistra, pokenguyen, oldnapalm, e outros...
  2. Se você tem instalado a kext PXHCD junto com a IOUSBFamily e IOUSBMassStorageClass modificados, delete eles, depois baixe a kext GenericUSBXHCI. E depois é preciso que instale junto com a GenericUSBXHCI as kexts IOUSBFamily e IOUSBMassStorageClass originais (sem modificações) do OS X. Instale com o Kext Wizard, e depois repare as permissões, e recarregue o cache, depois execute este código no Terminal: sudo touch /System/Library/Extensions Agora para que não tenhamos problema com o gerenciamento de energia, como esse: Temos que criar uma SSDT com o scrip do Pike: curl -o ssdtPRGen.sh https://raw.github.com/Piker-Alpha/RevoBoot/clang/i386/libsaio/acpi/Tools/ssdtPRGen.sh chmod +x ssdtPRGen.sh ./ssdtPRGen.sh Renomeie como SSDT.aml, e coloque em CLOVER/ACPI/patched. E no config.plist deixe assim: DropOem> Yes/True e P - C States > No/False. Quando geramos a SSDT com o script do Pike, temos de "mostrar" ao Clover que a partir de agora ele não vai gerenciar a energia. Pois o Clover gera tanto Turbo quanto States de modo automatico para CPUs IvyBridge, mas somente quando o mesmo está habilitado. Agora que está com DropOem, habilitado ele vai carregar a sua SSDT. Atente a essa nota. Em todos os sistemas OS X, os que usam Sandy Bridge, o gerenciamento nativo de energia é habilitado pela kext ACPI_SMC_PlatformPlugin, um plugin que está na kext IOPlatformPluginFamily. Já para os processadores Ivy Bridge, o gerenciamento nativo de energia é habilitado pela kext X86PlatformPlugin. Gráficas com HD 3000 que usam placas com chipset da serie 7, não devem usar o gerenciamento de energia dos Ivy Bridge. Para carregar a kext X86PlatformPlugin, deve usar o plugin-type 1 na SSDT, assim terá o gerenciamento correto para Ivy Bridge. Então desconsidere a ideia de excluir "plugin-type 1" da SSDT. (Como eu havia aconselhado antes) Verifique se está tudo certo. Abra o IORegistryExplorer, e verifique, se você usa IvyBridge deve estar assim: Agora se use Sandy Bridge: Agora tanto as USBs como os States e Turbo estão corretos, se quiser verifique usando a kext MSRDumper: Notas. 1 - Eu usava um codigo para obter um desempenho melhor da GPU: sudo cp /System/Library/Extensions/IOPlatformPluginFamily.kext/Contents/PlugIns/ACPI_SMC_PlatformPlugin.kext/Contents/Resources/MacBookPro8_1.plist /System/Library/Extensions/IOPlatformPluginFamily.kext/Contents/PlugIns/ACPI_SMC_PlatformPlugin.kext/Contents/Resources/MacBookPro9_2.plist ; sudo perl -pi -e 's|MacBookPro8,1|MacBookPro9,2|g' /System/Library/Extensions/IOPlatformPluginFamily.kext/Contents/PlugIns/ACPI_SMC_PlatformPlugin.kext/Contents/Resources/MacBookPro9_2.plist ; sudo touch /System/Library/Extensions Mas este modificava o plugin ACPI_SMC_PlatformPlugin, e agora que este não é usado, não é mais necessario. 2 - As vezes alguns dispositivos USB 2.0 não funcionam com a GenericUSBXHCI, por ex: Adaptadores de cartões microSD. e Então para que os mesmos possam ser montados no OS X, use isso no config.plist: <key>Arguments</key> <string>-gux_defer_usb2 -gux_no_idle</string> Com as USBs 3.0/2.0 da maneira correta, você conseguirá até mesmo usar o Hibernar no OS X. Creditos pela ajuda: Pernacabeluda, Jucelio, Artur-pt (Olarila) - Slice, Apianti (ProjectOSX) - RehabMan, Toleda (Tony/InsanelyMac)
  3. Guia Tudo em Um (AIO) - Para Hackintosh Olá Galera, navegando no forum, encontrei um guia AIO completo e simples de entender. O que acredito que vai ajudar muitos aqui no forum Portugues. A maioria destes Guias que serão postados, irão abordar o Mavericks. E com o tempo, quanto mais dicas e macetes forem descobertos, os mesmo serão adicionados neste guia. Todos os créditos vão para o user pokeguyen e vusum123. Como está sendo traduzido do vietnamita para inglês, e agora para Portugues, este guia vai ser atualizado constantemente. Pré-instalação. O Hardware certo para seu Hackintosh Checando seu Hardware antes de instalar o OS X Instalando o Mavericks usando Chameleon (Legacy BIOS) Flags usuais para Chameleon Instalando Mavericks usando o Clover (UEFI) Como dar boot com o Clover UEFI Pós-instalação. Instalar o Chameleon – speedstep e kexts (Legacy BIOS) Instalar o bootloader Clover - speedstep e kexts (UEFI) Dualboot Windows e OS X usando Chameleon Dualboot Windows e OS X usando o Clover [Guia] QE/CI na 1º Geração das Intel HD Graphics - Em Inglês Como atualizar o OS X no seu Hackintosh Como checar o speedstep do seu CPU Sincronizando o relógio no Windows e OS X Resolvendo problemas do iCloud/iMessage/Facetime no seu Hackintosh Solução de Problemas. Tecnicas Avançadas. Guia de como corrigir a AppleHDA para o seu codec Atualizando sua AppleHDA AppleHDAPatcher Como aplicar patch na framebuffer para GPU AMD (Desktop) Repositório de kexts Framebuffer Clover: Usando a AppleHDA no modo on-the-fly. Dica, obtendo video da forma correta. Links para Download. Hackintosh Vietnam Tool Chameleon bootloader Clover bootloader
  4. Este guia vai funcionar se você estiver usando a VoodooPS2Controller do RehabMan. E se for usar a ultima versão, terá que deletar a AppleACPIPS2Nub, pois a mesma já está inclusa na nova versão da Voodoo. Instale essa kext: https://github.com/R...OS-X-ACPI-Debug Abra o MaciASL e selecione o patch. (Adicione os patch necessário que estão no repositório) Aplique o patch "Add DSDT Debug Methods" e "Instrument EC Queries" que estão no Debug Master. Salve a DSDT e reinicie. Abra o Console, e vá em System.log. Pressione as teclas correspondentes do seu brilho. Ex: Fn+Brilho ↑ e ↓ Agora aplique o patch na sua DSDT, modificando o patch abaixo: into method label _Q1D replace_contentbegin // Brightness Down\n Notify(\_SB.PCI0.LPCB.PS2M, 0x0205)\n Notify(\_SB.PCI0.LPCB.PS2M, 0x0285)\n end; into method label _Q1C replace_content begin // Brightness Up\n Notify(\_SB.PCI0.LPCB.PS2M, 0x0206)\n Notify(\_SB.PCI0.LPCB.PS2M, 0x0286)\n end; Mude o valor _Q1D/_Q1C acima com os valores que aparecem para você no Console. 7. Compile e veja se não deu algum erro. 8. Se deu algum erro, mude o PS2M para PS2x de acordo com o valor na sua DSDT. 9. Salve, compile e coloque seu DSDT no local correto. 10. Verá que agora as teclas nativas do seu Notebook estarão funcionando. Créditos: @RehabMan e @soumaxetuirk
  5. Buenas noches , Hola que tal, como estan . Quiero ponerle MacOS High Sierra a mi alienware pero no sé si este equipo sea 100% compatible. He estado revisando instalaciones y ninguna coincide con las especificaciones de mi notebook. ¿Cómo puedo saber si mi laptop es compatible con el sistema ? A continuación detallo mis especificaciones SSD : 500 GB PCIe RAM: 16 gb ddr4 2400 mhz TARJETA GRAFICA : gtx 1050 ti 1920x1080 PROCESADOR: core i5 7300hq hd 630 WIFI: Killer 1550 802.11ac 2x2 WiFi and Bluetooth 5.0. gracias de antemano por el soporte saludos
  6. Esta es una mini guía para aquellos impacientes que no puedan esperar que se actualicen los kexts pre-compilados y se animen un poquitín a meter mano. 1- Primero que nada necesitan Xcode , lo pueden descargar del AppStore. 2- Descargar las fuentes del kext desde el repositorio. Normalmente hay al menos 2 maneras de obtener las fuentes: Si solo queremos compilar el kext y luego eliminar las fuentes recomiendo descargar el ZIP del proyecto. Si queremos mantener el repo en el disco, y actualizar el kext cada tanto necesitan abrir un Terminal: svn checkout url -- en caso que sea un repositorio svn git clone url -- en caso que sea un repositorio git Y luego, dependiendo si es svn o git, lo actualizan con: svn update git checkout 3- Una vez descargado repositorio buscar y abrir el archivo *.xcodeproj: 4- Asumiendo que el proyecto no tiene errores, solo deben presionar "Play" para compilar: 5- Al terminar la compilación el kext los espera en una sub-carpeta llamada "Products", que localizan de esta manera desde el panel de la izquierda:
  7. Vejo que muitos ainda tem dificuldade para instalar os sistemas operacionais no modo UEFI. Com esse guia, as coisas ficarão mais fáceis. 1 - Seu BIOS precisa ter a opção UEFI Boot e ela precisa ser ativada. Observe que quando essa opção está ativa, aparece UEFI antes do nome do drive. Instalação do OS X Você pode criar um instalador desta forma, ou baixar um pronto da minha assinatura. Não precisa iniciar o instalador no modo UEFI, só é necessário no passo seguinte, para instalar o Clover. IMPORTANTE: para instalar o Windows 7 ou 8 no modo UEFI, o esquema de partições deve ser GPT puro, não pode ser hybrid MBR como se usa no modo BIOS, então ao criar as partições pelo Utilitário de Disco, não mude a partição do Windows para o formato MS-DOS (FAT), mantenha todas as partições no formato Mac OS Expandido (Reg. Cronológico), você vai mudar o formato da(s) outra(s) mais tarde. Instale o OS X na primeira partição. Edit: se você usou o instalador do 10.8.5 ou 10.9 com partição EFI você pode apenas copiar o Clover do pen drive para o HD. Formate um pen drive como FAT32 e instale o Clover nele com a opção "instalação para placas mãe UEFI". http://sourceforge.net/projects/cloverefiboot/ Você precisa ter pelo menos os drivers FSInject, OsxFatBinaryDrv e VboxHfs (ou HFSPlus) na pasta /EFI/CLOVER/drivers64UEFI (instalados por padrão). Dependendo do BIOS pode precisar do OsxLowMemFix (Insyde H2O), EmuVariableUefi (Phoenix UEFI) ou OsxAptioFixDrv (todos os demais). Inicie o sistema pelo pen drive para testar o boot UEFI. Rode os comandos a seguir no terminal, substituindo X pelo número do HD. Para formatar a partição EFI como FAT32 diskutil list sudo newfs_msdos -v EFI -F 32 /dev/diskXs1 Para montar a partição EFI mkdir /Volumes/EFI sudo mount_msdos /dev/diskXs1 /Volumes/EFI Crie a pasta EFI na partição EFI. Copie a pasta EFI/CLOVER do pen drive para a pasta EFI da partição EFI (que está em seu HD). Faça boot novamente pelo pen drive. No menu do Clover, entre na opção Clover Boot Options e selecione Add as UEFI boot option. A partir de agora você conseguirá iniciar sem o pen drive, pelo Clover da partição EFI, no modo UEFI. Recomendo a leitura deste tópico para mais informações http://www.projectosx.com/forum/index.p ... topic=2428 Instalação do Windows Para criar um instalador UEFI em USB execute o Prompt de Comando como administrador e rode os comandos diskpart list disk select disk X (troque X pelo número do pen drive) clean create partition primary format fs=fat32 quick active assign exit Copie todos os arquivos da imagem (DVD) para o pen drive. Para o Windows 7 é necessário copiar a pasta efi\microsoft\boot para efi\boot (um nível acima), copiar o arquivo bootmgfw.efi para essa pasta e renomeá-lo para bootx64.efi O arquivo bootmgfw.efi está na pasta \1\Windows\Boot\EFI\ dentro do arquivo \sources\install.wim do DVD. Abra o arquivo install.wim com o 7-Zip. Para o Windows 8 basta fazer os passos usuais, mas não pode ser uma imagem "AIO" (all in one), x86 e x64 (com efi\boot\bootia32.efi), tem que ser uma apenas x64 (com efi\boot\bootx64.efi). Antes de instalar o Windows você precisa alterar o formato da partição para NTFS. Use o aplicativo gParted a partir de um live CD do Linux. IMPORTANTE: o instalador do Windows formata e renumera todas as partições que estão depois da selecionada como destino, pois ele cria uma partição reservada, então caso for instalar o Linux, deixe para o fim ou instale o Windows na última partição. Se você usa loader para ativar o Windows 7, ao invés disso pode injetar a tabela SLIC pelo Clover. Baixe o binário da SLIC 2.1 e o certificado http://forums.mydigitallife.info/thread ... post514521 Renomeie o arquivo NOME.BIN para SLIC.aml e coloque na pasta EFI/CLOVER/ACPI/WINDOWS Coloque o certificado em C:\ e rode no Prompt de Comando (como administrador) slmgr -ilc C:\NOME.xrm-ms Pegue uma chave http://forums.mydigitallife.info/thread ... Collection Rode slmgr -ipk XXXXX-XXXXX-XXXXX-XXXXX-XXXXX O BCD é instalado em EFI/Microsoft na partição EFI. Instalação do Linux O único detalhe importante é instalar o GRUB legacy na própria partição e não no MBR (por exemplo, selecione /dev/sda5 e nunca /dev/sda). O grubx64.efi é instalado em EFI/"nome da distro" na partição EFI. Créditos: Pernacabeluda Fonte: Olarila Forum
×